]]>
E-mail
Senha
Manter conectado
Ad blocker indetectável!?
Criação de Princenton pode se tornar pesadelo para publicidade?
Por Tiago Bosco em 24/04/2017
Compartilhe no Facebook!Compartilhe no Facebook!


A Universidade de Princeton está desenvolvendo um bloqueador de publicidade indectetável, que pode vir a ser uma grande dor de cabeça para os anunciantes online. A novidade é que, em vez de analisar os códigos das páginas, esta tecnologia detecta os anúncios como os seres humanos: "olhando para eles".
A tecnologia está sendo criado por pesquisadores de Stanford e de Princeton, que, apesar de não se quererem vangloriar por esta ser "invencível", acreditam ter encontrado a forma eficaz para bloquear de vez a publicidade.


Os ad blockers habituais analisam os códigos HTML e tags das páginas à procura de publicidade. Apesar de ser um método eficaz na maior parte dos casos, este pode ser contornado, por exemplo com pop-ups com convite para visitar uma certa página.

Esta nova tecnologia - o Perceptual Ad Blocker - deixa de lado os códigos e procura a publicidade nos conteúdos das páginas, "como faria um humano: olhando" - afirmam os pesquisadores, que estão muito confiantes com o projeto.

"Assumia-se que este era o jogo do gato e do rato e que ia crescer indefinidamente. Mas estamos desafiando esta afirmação. Acreditamos que devido à arquitetura dos browsers web, há uma assimetria inerente que favorece os usuários e os ad blockers. Nós inventamos e criamos protótipos de vários ad blockers, com várias técnicas, que funcionam de forma radicalmente diferente dos atuais. Não vamos dizer que criamos um ad blocker invencível, mas identificamos uma combinação de técnicas e fatores legais que vão determinar o fim deste 'jogo'", afirma Arvind Narayanan, um dos criadores.
O novo conceito, no momento, já está sendo testado como uma extensão do Google Chrome. Aguardemos cenas dos próximos capítulos.


Compartilhe no Facebook!Compartilhe no Facebook!

Comentário(s)