]]>
E-mail
Senha
Manter conectado
6 coisas que você deve analisar no monitoramento de redes sociais
Veja quais são os pontos mais importantes para observar
Por Tiago Bosco em 26/11/2017
Compartilhe no Facebook!Compartilhe no Facebook!



Colaborou com essa reportagem: AbraHosting (Associação Brasileira de Empresas de Infraestrutura de Hospedagem na Internet) - http://abrahosting.org.br e Hostnet (Colaborou com essa reportagem: AbraHosting (Associação Brasileira de Empresas de Infraestrutura de Hospedagem na Internet) - http://abrahosting.org.br e UOL Host (www.uolhost.com.br)

Se você usa as redes sociais como forma de divulgar o seu negócio, provavelmente já percebeu que boa parte delas possui plataformas para que você possa analisar o seu desempenho na rede. E já deve ter ouvido falar que esses dados são importantes e precisam ser analisados, certo?


Bem, isso é realmente verdade. Quem atua nas redes sociais tem de estabelecer objetivos e analisar, periodicamente, seus perfis para saber se está ou não conseguindo alcançar as metas. Quando você não faz esse monitoramento, não tem como corrigir o que está dando errado nem descobrir o que está dando certo, o que prejudica bastante a assertividade das suas ações.

Mas a pergunta que fica é: o que analisar?
Se você já abriu os relatórios do Facebook, por exemplo, sabe que existem diversos dados, mas pode ser que não saiba em que precisa prestar atenção e como usar aquelas informações em favor do seu negócio. Se esse é o seu caso, hoje é dia de sanar suas dúvidas.

Veja, agora, a quais pontos se ater durante o monitoramento e como otimizar seus resultados com base nessas métricas e percepções.

#1 Alcance
O alcance representa o número de pessoas que sua publicação atingiu. Isso não quer dizer que elas tenham interagido com o post, apenas que o conteúdo foi exibido para elas em algum momento.
É interessante analisar o alcance para ter uma ideia do público que você é capaz de atingir com o seu formato e frequência de publicações.

#2 Engajamento
Quando um usuário curte, comenta ou compartilha uma publicação sua chamamos esta ação de engajamento.
O engajamento é um dos objetivos de qualquer empresa que tem presença nas redes sociais, e por isso é interessante focar a produção em conteúdo que agrade, gere identificação com o público e deixe os seguidores com vontade de comentar e compartilhar a publicação.
Por que isso é importante? Redes sociais como o Facebook e o Instagram têm um algoritmo que determina o seguinte: quanto mais um usuário interagir com um perfil, mais atualizações desta conta serão exibidas para ele.
Quando os seguidores não se engajam com o que você publica, a rede entende que não precisa mais mostrar suas novidades, e o engajamento vai caindo ainda mais.
Se o seu alcance é alto, mas o engajamento é baixo, significa que muitas pessoas estão vendo o que você posta, mas poucas gostam do material a ponto de interagir com ele. O ideal, aqui, é repensar os posts ? tanto no conteúdo quanto na parte estética ? e fazer testes para descobrir o que mais agrada aos seus seguidores.

#3 Perfil de público
Talvez essa seja uma das principais métricas a ser analisadas nas redes sociais, e a maioria das plataformas disponibiliza essa informação.
Mesmo que você saiba quem é o público-alvo da sua empresa, é importante saber quem está seguindo sua página, para garantir que os dois perfis estejam alinhados.
Pode ser que você queira vender para mulheres de 35 a 55 anos, residentes em São Paulo e com interesse em alimentação saudável, mas perceba que na sua fanpage no Facebook a maioria das seguidoras têm entre 18 e 24 anos.
Nesse caso, você pode trabalhar suas publicações e direcionar melhor os posts para que eles cheguem ao seu público ideal. Mas você também pode fazer o inverso e adaptar o seu conteúdo para agradar ao público que já segue sua marca.
O importante é saber exatamente quem está seguindo você em cada rede social.

#4 Publicações com melhor e pior desempenho

É interessante saber que tipo de publicação tem melhor resultado para que você possa continuar apostando nele, como também quais são os posts que tiveram o pior desempenho, para que você possa entender onde errou.
O ideal é escolher, pelo menos, três publicações de cada lado e analisar todos os detalhes que possam ter sido decisivos para o fracasso ou sucesso de cada um dos posts. Essa análise vai ser muito útil na hora de desenvolver os próximos posts.

#5 Melhores dias e horários para publicar

Cada perfil de público tem seus próprios hábitos nas redes sociais, e o Facebook, por exemplo, te ajuda a entender melhor esse comportamento mostrando os dias e horários em que seus seguidores estão mais ativos.
A lógica, aqui, é que quando você tem mais pessoas online seu conteúdo terá um alcance melhor e mais chance de ter um bom desempenho. Pelo contrário, se você publica quando tem um número menor de fãs na rede, o alcance cai e a publicação não faz tanto sucesso.

#6 Comentários

Os comentários dos seus seguidores também dizem muito sobre o desempenho dos posts e merecem ser analisados sempre que possível.
Dê uma olhada no que as pessoas estão comentando, peça sugestões, pergunte o que elas gostariam de ver na página e crie publicações para que elas interajam e participem.
Não se esqueça, também, de que mesmo os comentários negativos e as reclamações precisam ser respondidos! Quando detectar um cliente insatisfeito, não perca tempo, tranquilize o cliente e mostre preocupação em resolver o problema o mais rápido possível.

Fonte: Academia UOL Host (http://uolhost.uol.com.br/academia)

Compartilhe no Facebook!Compartilhe no Facebook!

Comentário(s)