]]>
E-mail
Senha
Manter conectado
Realismo emocional em forma de aquarela
Luz solar é destaque nas obras de Steve Hanks
Por Tiago Bosco em 04/02/2017
Compartilhe no Facebook!Compartilhe no Facebook!


Reconhecido como um dos melhores artistas de aquarela. Por sua habilidade em pintar detalhes, em aplicar cores, em mostrar realismo em suas obras. Este foi Steve Hanks, que buscava captar todos os sentidos de vida.

Nascido em San Diego em 1949, cresceu jogando tênis e praticando surf ao longo das praias do sul da Califórnia. O oceano lhe causou uma impressão forte e duradoura, um fascínio pelo seu poder misterioso.

A família se mudou para o Novo México quando Steve era um adolescente. Depois da escola, ele frequentou a Academy of Fine Arts em San Francisco, ganhando boas notas em arte comercial e desenho de figura. Ele se transferiu para o California College of Arts and Crafts, onde se graduou como Bacharel em Belas Artes.

Hanks chamava seu estilo de "realismo emocional". Ele muitas vezes deixava os rostos de suas figuras disfarçadas ou afastadas, não só para deixar o rosto para nossa imaginação, mas também para permitir que toda a figura possa expressar a emoção. Iluminação de fundo também é um elemento de assinatura de seu estilo.

"A luz do sol se tornou um dos meus temas favoritos. Eu sou fascinado pela forma dos filtros solares através das coisas, como inundações de cor em uma sala inteira. Muitas vezes minhas pinturas são realmente mais sobre luz solar do que qualquer outra coisa", dizia Hanks.

Hanks afirmava que a arte vem de um profundo senso de direção interior. "Ela começa com uma reavaliação de sua própria vida, de uma busca pela fonte dos impulsos, o mistério de tudo. Eu me julgo um realista emocional. Emoção é o que eu quero retratar. O realismo é apenas a minha maneira de fazê-lo", dizia.

Hanks faleceu em 2015 de complicações no tratamento para o câncer deixando para o mundo sua incrível obra.

Aprecie abaixo alguns trabalhos deste eterno "mestre" da aquarela.







Compartilhe no Facebook!Compartilhe no Facebook!

Comentário(s)